sexta-feira, 22 de Agosto de 2014

Como funciona o sistema urinário


Durante a respiração celular, onde as células produzem energia com os nutrientes e oxigénio enviado pelo sangue, há também a produção de substâncias tóxicas, que têm depois de ser eliminadas e expulsas do organismo.

Como funciona o sistema urinário


O sistema urinário é assim um dos sistemas mais importantes no organismo humano, já que é responsável por filtrar o sangue e eliminar as substâncias tóxicas produzidas pelo corpo. Caso o sistema urinário não funcione corretamente, além de se acumularem toxinas em níveis perigosos no organismo, o corpo não conseguiria ainda eliminar sais minerais e fluídos em excesso, o que iria provocar edemas e inchaços. Aqui vais poder aprender como é constituído e como funciona o sistema urinário. 


Constituição do sistema urinário

O sistema urinário é constituído por um conjunto de órgãos que tem como função, filtrar o sangue, produzir a urina com água e toxinas, e transportá-la até ao exterior. De seguida podes conhecer como é constituído o sistema urinário.

O sistema urinário é composto pelos rins, ureteres, bexiga e uretra. De seguida podes ver uma imagem de todos os constituintes do sistema urinário, bem como dos vasos sanguíneos e outros órgãos que os rodeiam.


Como funciona o sistema urinário
Imagem da autoria de Jordi March i Nogué

1 – Sistema urinário
2 – Rim
3 – Pelve renal
4 – Ureter
5 – Bexiga
6 – Uretra
7 – Glândula suprarrenal
8 – Artéria e veia renal
9 – Veia cava inferior
10 – Aorta abdominal
11 – Artéria e veia ilíaca comum
12 – Fígado
13 – Intestino grosso
14 – Pélvis



Como funciona o sistema urinário

De seguida podes conhecer como funciona o sistema urinário, passo a passo. 

O sangue, ao passar pelos rins, é filtrado, retirando substâncias tóxicas produzidas na respiração celular, sais minerais que estejam em excesso, e ainda, alguma água. Os rins terão então estruturas próprias que irão produzir a urina com as substâncias filtradas do sangue. A urina é assim um líquido amarelado, constituído essencialmente por água, sais minerais e substâncias tóxicas produzidas na respiração celular. Entre as várias substâncias encontram-se a ureia, ácido úrico, potássio, sódio, bicarbonato, entre outros. 

À medida que a urina é formada, ela sai dos rins em direção à bexiga, através dos ureteres. A urina será então armazenada na bexiga, até atingir um determinado limite, em que o indivíduo irá sentir a vontade de urinar. No momento de urinar, processo chamado de micção, a urina sairá da bexiga em direção ao exterior através de um canal próprio, denominado de uretra.



quinta-feira, 14 de Agosto de 2014

O que é a hematose pulmonar


O sistema respiratório tem como função fazer a troca de gases entre o corpo humano e o meio ambiente. Dessa forma, é através das vias respiratórias que o oxigénio, necessário para as células fazerem a respiração, entra no organismo, e é através das vias respiratórias que os gases resultantes da respiração celular (dióxido de carbono e vapor de água) são expulsos para o exterior. Mas para que ocorra esta troca gasosa, tem de existir um processo de passagem destes gases entre o sangue, que os transporta, e os pulmões. 


Os pulmões são órgãos esponjosos que se situam na cavidade da caixa torácica, e que contêm pequenos sacos denominados de alvéolos pulmonares, que são a terminação das vias respiratórias. Assim, os alvéolos estão ligados aos bronquíolos, que por sua vez estão ligados aos brônquios, à traqueia, laringe e fossas nasais. É nos alvéolos pulmonares que se realiza a hematose pulmonar. 


A hematose pulmonar é um processo realizado nos pulmões, e que consiste na passagem do oxigénio presente no ar inspirado dos alvéolos pulmonares para o sangue, e na passagem do dióxido de carbono e vapor de água por sangue para os alvéolos pulmonares. Estes gases serão então expulsos do organismo através da expiração.

troca gasosa pulmonar

Retirado na Internet


segunda-feira, 11 de Agosto de 2014

Conheces este animal? - Colhereiro (Platalea leucorodia)


características, alimentação, reprodução e distribuição do Colhereiro (Platalea leucorodia)
Foto de Pierre Dalous

Nome: Colhereiro (Platalea leucorodia)


Características: O colhereiro é uma ave com cerca de 85cm de comprimento e 130 de envergadura. Apresenta o pescoço e as patas bastante longas e um bico inconfundível que termina na forma de colher. É uma ave que exibe o corpo coberto por uma plumagem quase toda branca. Durante a época de reprodução, os adultos apresentam uma poupa de penas amarelo-pálido, uma mancha alaranjada na base do bico e uma banda alaranjada à volta do peito, assim como o bico é preto com uma extremidade alaranjada. As patas são pretas. 


Alimentação: Em relação à alimentação os colhereiros captam o seu alimento em águas pouco profundas e com a ajuda preciosa da forma do seu bico. Apresentam preferência por pequenos insetos, larvas, pequenos peixes, moluscos, crustáceos, répteis e rãs.


Reprodução: Esta é uma espécie colonial que se junta com aves de outras espécies, durante a época de reprodução e formam com vários ninhos uma única plataforma. Em abril inicia-se a postura de 3 a 4 ovos mancados, seguindo-se o período de incubação por um período que dura cerca de 25 dias.

características, alimentação, reprodução e distribuição do Colhereiro (Platalea leucorodia)
Foto de Vogelzivi Borkum

Distribuição: Esta ave está distribuída por toda a Europa, em especial nas regiões orientais e ocidentais. Em Portugal, esta espécie está presente no litoral sul do país, especialmente nos Estuários do Tejo e Sado, na Lagoa de Santo André, na Ria Formosa e em Castro Marim.



quinta-feira, 7 de Agosto de 2014

Constituição do Sistema Circulatório - coração e vasos sanguíneos


O sistema circulatório é constituído pelo coração e pelos vasos sanguíneos. De seguida vamos explicar com mais detalhe a constituição do sistema circulatório.


Constituição do sistema circulatório – Coração

O coração é o órgão mais importante no sistema circulatório, funcionando como uma bomba que impulsiona o sangue para todas as partes do corpo. O coração é constituído por dois ventrículos e duas aurículas, estando dividido em duas partes: a parte direita e a parte esquerda. Cada uma dessas partes tem uma aurícula, que recebe o sangue que vem para o coração, e um ventrículo, que envia o sangue. As duas partes estão totalmente separadas por uma parede denominada de septo. Nas ligações entre as veias e as aurículas, entre as aurículas e os ventrículos, e entre os ventrículos e as artérias, existem válvulas, que têm como função impedir que o sangue volte para trás.

Imagem de ZooFari, adaptado GuiKath

Se quiseres conhecer melhor como funciona o coração, clica AQUI.


Constituição do Sistema Circulatório – Vasos sanguíneos

O sangue circula pelo corpo humano por tubos denominados de vasos sanguíneos. Na constituição do sistema circulatório existem três tipos de vasos: veias, artérias e capilares sanguíneos.


As veias levam o sangue das várias partes do corpo de volta até ao coração. As suas paredes são finas e elásticas, não havendo grande pressão.


Já as artérias levam o sangue do coração para o resto do corpo. Como têm de aguentar a pressão com que o sangue sai bombeado do coração, as suas paredes são musculosas, grossas e elásticas. 




Por fim, os capilares sanguíneos são vasos muito finos e pequenos, que irrigam os tecidos musculares de todos os órgãos, fazendo a ligação entre as artérias e as veias. As suas paredes são muito finas de modo a permitir a comunicação entre o sangue e as células: o oxigénio e os nutrientes passam do sangue para as células, e o dióxido de carbono, vapor de água e outras substâncias resultantes da respiração celular passam da célula para o sangue.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ajude-nos a divulgar o nosso blog. Clique no botão abaixo.