sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Porque é que se fica com "pele de galinha" quando está frio?


Todos vocês já tiveram certamente um episódio onde a vossa pele ficou com o chamado aspeto de "pele de galinha". Mas porque é que isso acontece? Como em tudo nas ciências naturais, todos os fenómenos que ocorrem no corpo humano tem uma explicação. De seguida podes perceber porque é que se fica com "pele de galinha".

Foto de Ildar Sagdejev

"Pele de galinha"

A "pele de galinha" pode surgir em várias situações, nomeadamente em situações de medo, irritação, ou mais comummente, de frio. Apesar de ainda não se conhecerem as razões pelas quais ela surge nas primeiras, já em relação ao medo há uma explicação científica já comprovada.

Quando se sente frio, os músculos que têm como função erguer o pelo contraem-se, erguendo dessa forma o pelo. Este reflexo, mais útil quando o Homem era mais peludo, ajudava a tornar o ar estático à volta do pelo mais espesso, isolando melhor o corpo. Hoje em dia essa utilidade já não existe, mas o reflexo ficou.

Ao mesmo tempo, as glândulas sudoríparas, responsáveis pela produção do suor, reduzem a sua atividade. Dessa forma, evitam a libertação do suor que iria arrefecer ainda mais a pele.

Podes saber mais sobre a pele AQUI.


sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

O que são mudas ou ecdises


Provavelmente já viste no campo uma "pele" de cobra abandonada, ou então, invólucros vazios de insetos. Mas porque é que isso acontece? Sabe mais de seguida.

Foto de Lucarelli


O que são mudas ou ecdises

Existem animais nos quais o seu revestimento não acompanha o crescimento do seu corpo. Nesses casos, a dada altura o animal tem que trocar ou renovar esse revestimento. Em ciências naturais, a essa troca dá-se o nome de mudas ou ecdises. 


Animais que realizam a muda ou ecdise

Nos animais vertebrados, os animais que realizam a muda são os répteis. O seu corpo está revestido por pele coberto com escamas epidérmicas, sendo que estas escamas não acompanham o crescimento do animal. Assim, à medida que o réptil cresce, desenvolve-se uma nova camada de escamas adequadas ao novo tamanho, sendo descartada a camada de escamas mais antiga.

=> Sabes a diferença entre escamas dérmicas e epidérmicas?





Nos animais invertebrados há vários grupos de animais que realizam a muda. Os insetos, que possuem um exosqueleto rígido formado por quitina têm que trocar várias vezes esse revestimento ao longo do seu crescimento. Outro exemplo de animais que realizam a muda são os crustáceos, que durante o crescimento têm que trocar a carapaça que os reveste.

=> Aprende mais sobre o revestimento dos animais invertebrados.

Foto de T. Nathan Mundhenk

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

O que são chuvas ácidas


Uma das consequências da poluição do ar ou poluição atmosférica é a chuva ácida. Este tipo de chuva traz consigo consequências muito negativas, sendo responsável pela morte de seres vivos, destruição de monumentos e contaminação de solos. Mas o que é e como se formam as chuvas ácidas? 

Foto de Analogue Kid

Chuva ácida – o que é

A chuva ácida é um fenómeno atmosférico na qual a água da chuva, ou qualquer outro tipo de precipitação, tem uma acidez muito mais alta que o habitual. A água das chuvas tem já uma determinada acidez, considerada normal, devido à presença de dióxido de carbono dissolvido na água das nuvens. Mas como é que ocorre este aumento de acidez? 


Como se formam as chuvas ácidas

As chuvas ácidas formam-se devido à emissão de certos gases poluentes que reagem entre si, acabando por se dissolver na água das nuvens. A presença de gases e partículas ricas em azoto reativo e enxofre na atmosfera terrestre irão reagir num fenómeno denominado de hidrólise, produzindo dessa forma ácidos fortes, que vão ficar dissolvidos na água das nuvens, acidificando assim essa água. 

Para saberes mais sobre poluição do ar, clica AQUI.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Quais os fatores que alteram a qualidade do ar - poluição do ar


Sempre que a constituição do ar é alterado, diz-se que o ar está poluído. De uma forma genérica, o ar é uma mistura de gases composta por 78% de azoto (nitrogénio), 21% de oxigénio, e os restantes 1% por dióxido de carbono, vapor de água, hidrogénio e gases raros. Quando esta constituição é alterada, normalmente pela adição de outros gases ou substâncias, o ar fica poluído, com consequências para o meio ambiente.

poluição atmosférica, poluentes, gases poluentes, fumo de fábricas


Quais os fatores que alteram a qualidade do ar?

Há várias atividades humanas e naturais que provocam a poluição do ar:

- indústria;
- agricultura;
- veículos poluentes (carros, aviões, etc.);
- grandes aglomerados urbanos;
- incêndios;
- atividade vulcânica.


Consequências da poluição do ar

A alteração da composição do ar traz consigo várias consequências para o meio que o rodeia. Entre as várias consequências negativas, destacamos as seguintes:

- problemas de saúde (alergias, problemas respiratórios, cancro, etc.);
- agravamento do efeito de estufa (o que traz consequências como o aquecimento global e alterações climáticas);
- chuvas ácidas;
- destruição da camada de ozono.


Vídeo sobre poluição do ar

Neste vídeo podes ver de uma forma resumida as fontes de poluição do ar, as consequências dessa poluição, e ainda, algumas formas para ajudar a preservar a qualidade do ar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ajude-nos a divulgar o nosso blog. Clique no botão abaixo.