segunda-feira, 10 de março de 2014

Conheces este animal? - Arminho (Mustela erminea)


Características, reprodução, alimentação e distribuição do Arminho (Mustela erminea)
foto de Keven Law

Nome: Arminho (Mustela erminea)


Características: O arminho é um animal mamífero relativamente pequeno, o macho mede cerca de 33cm de comprimento e pesa aproximadamente 120 gramas, a fêmea é bastante menor, usualmente só atinge metade destas dimensões. Apresenta um corpo longo, com patas curtas e uma cauda comprida, chega a atingir 40% do seu comprimento total. O pescoço é, comparativamente ao resto do corpo, longo mas a cabeça é pequena, triangular e exibe orelhas arredondadas e uns bigodes compridos. Em relação à pelagem, ela varia de acordo com a estação do ano, ou seja, durante as estações da primavera e do verão ele apresenta uma coloração acastanhada no dorso e branca-amarelada na barriga e durante o outono e inverno, a pelagem torna-se mais espessa e quase toda branca, apresenta apenas a exceção da ponta da cauda que é sempre de cor negra.

Características, reprodução, alimentação e distribuição do Arminho (Mustela erminea)
foto de 4028mdk09

Alimentação: Em relação à alimentação, o arminho é um predador que gosta de caçar à noite e sozinho. Na sua dieta dá preferência a pequenos roedores, insetos, anfíbios. Como são excelentes trepadores, também gostam de assaltar os ninhos e comer pequenas aves ou mesmo os ovos. No entanto, também são bons nadadores por isso os peixes e os crustáceos também estão entre as suas preferências. Esta espécie tem o hábito de guardar o resto das refeições em tocas ou em buracos, para a poderem consumir mais tarde.


Reprodução: A época de reprodução do arminho é anual e inicia-se no final da primavera. Como os arminhos são polígamos, acasalam várias vezes, ao longo da estação. A gestação deste animal, dura aproximadamente 9 meses, ao fim do qual nascem entre 4 a 9 crias, num ninho construído pelas fêmeas em tocas ou em buracos de árvore. As crias nascem cegas e cobertas com uma penugem branca, mas o seu crescimento é muito rápido e ao final de 8 semanas, as pequenas crias já são independentes.


Distribuição: Este mamífero de pequeno porte pode ser encontrado em florestas temperadas, árticas e subárticas da Europa, da Ásia e da América do Norte. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ajude-nos a divulgar o nosso blog. Clique no botão abaixo.