sábado, 27 de dezembro de 2014

Conheces este animal? - Polvo comum (Octopus vulgaris cuvier)


Características, alimentação, reprodução e distribuição do Polvo comum (Octopus vulgaris cuvier).

Nome: Polvo comum (Octopus vulgaris cuvier)


Características: O polvo comum é um molusco. São animais de médio e de grande porte que podem atingir 16 cm de comprimento e cerca de 10 Kg de peso. Tem um corpo mole constituído por um manto sacular, no qual se observa um par de brânquias, com 7 a 11 lamelas branquiais externas. Possui 8 braços bucais de tamanho médio, que muito raramente excedem o triplo do comprimento do seu manto, sendo que o primeiro par é mais curto e os restantes são mais longos e espessos. O polvo comum tem a particularidade de possuir duas fiadas de ventosas nos braços. O número de ventosas varia entre 160 e 180 em cada animal. Em relação à coloração, ela é bastante variável entre tons acinzentados, acastanhados e avermelhados. A distinção entre macho e fêmea pode verificar-se internamente, pela diferente constituição dos órgãos sexuais e externamente porque os machos possuem um braço transformado com uma estrutura que possibilita o ato sexual.

Características, alimentação, reprodução e distribuição do Polvo comum (Octopus vulgaris cuvier).
Foto de H. Zell

Alimentação: Em relação à sua alimentação o polvo é uma espécie carnívora, durante todo o seu ciclo de vida. Tem preferência pelos crustáceos mas, se estes não estiverem também se alimenta de outros moluscos e de pequenos peixes que consegue capturar.


Reprodução: O polvo é um animal com um ciclo de vida, que passa por várias fases, embrião, larvar, juvenil, subadulto, adulto e estado senil. A reprodução é o processo que determina o fim do ciclo de vida do polvo, especialmente as fêmeas, uma vez que após a postura e a prestação dos cuidados da mesma, morrem. Os machos atingem o estado de senilidade após o período de cópula. 


Distribuição: Esta espécie animal encontra-se de forma abundante a nível mundial. A sua existência é muito comum na Península Ibérica, Mediterrâneo, Atlântico Este e em águas japonesas. Esta é a espécie de polvo mais comum na costa portuguesa, existe quase ao longo de toda a costa desde as zonas mais rochosas até zonas com profundidades superiores a 150 metros.

Queres conhecer melhor outros animais? Visita então o nosso Cantinho dos Animais.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ajude-nos a divulgar o nosso blog. Clique no botão abaixo.