sexta-feira, 31 de maio de 2019

Alergias: o que são, causas e sintomas


As alergias são actualmente um dos problemas de saúde que mais ocorre no dia a dia das pessoas. Mas se este é um problema muito habitual na primavera, muito devido à libertação de pólen pelas plantas, um dos alergénios mais comuns, há muitas outras que ocorrem ao longo do ano. Neste texto vais poder aprender o que são alergias, as suas causas e quais os sinais (sintomas) que surgem quando se é afetado.

alergias: o que são, sintomas e causas


O que é uma alergia

De uma forma geral, quando o corpo entra em contacto com determinadas substâncias, tem uma reação normal. Por exemplo, a maioria das pessoas, quando durante a inspiração introduz grãos de pólen presentes no ar nas suas vias respiratórias, não faz qualquer reação. No entanto, quando essa reação é anormal, com uma resposta exagerada do sistema imunitário, então diz-se que se é alérgico à substância que provocou essa reação. Estas substâncias são os alergénios. Porque é que algumas pessoas são alérgicas a determinadas substâncias e outras não? A Ciência ainda não deu resposta a esta questão.

Podemos resumir da seguinte forma: alergia é uma hipersensibilidade do sistema imunitário a um alergénio, provocando uma reacção exagerada de defesa do organismo. 


Causas da alergia

Como expliquei em cima as substâncias que provocam reações alérgicas têm o nome de alergénios. Existem vários alergénios, sendo alguns mais comuns que outros. Os mais habituais são:

  • Ácaros
Alergias: o que são, causas e sintomas

Os ácaros são dos animais mais abundantes e diversificados da natureza, conhecendo-se mais de 50.000 espécies diferentes. Contudo, estimativas mostram que o número de espécies é consideravelmente superior, de 500 mil a um milhão de espécies diferentes. Entre esta imensidão de pequeníssimos artrópodes, algumas delas são particularmente importantes, como o ácaro do pó doméstico, responsável por algumas doenças alérgicas.

  • Aditivos
Alergias: o que são, causas e sintomas

Os aditivos são substâncias que se adicionam especialmente em alimentos, mas também em medicamentos, com vários objectivos, nomeadamente dar cor, sabor, aumentar o período de conservação, entre outros. São por isso químicos, podendo causar nalgumas pessoas mais sensíveis reacções alérgicas.

  • Alimentos
Alergias: o que são, causas e sintomas

Alimentos como leite, ovos, frutas, marisco, frutos secos, são habituais na rotina alimentar de quase todas as pessoas, mas nalguns casos, são causas de reacções alérgicas. Estas reacções podem variar entre uma simples urticária, até uma reacção potencialmente mortal de anafilaxia.

  • Animais
Alergias: o que são, causas e sintomas

Entre os alergénios mais fortes em locais fechados, como por exemplo, dentro de casa, estão alguns animais domésticos, como os cães e gatos. Este tipo de animais podem provocar reacções alérgicas como rinites, asmas ou reacções cutâneas (isto é, reacções na pele, como eczemas, borbulhas ou urticária)

  • Fungos
Alergias: o que são, causas e sintomas

Alguns fungos microscópicos, com grande facilidade de crescimento em locais húmidos, criam e lançam umas partículas denominadas esporas para o ar, provocando reacções alérgicas.

  • Insetos
Alergias: o que são, causas e sintomas

Há insetos que também podem provocar reacções imunológicas exageradas, especialmente devido à sua picada. Insetos como a vespa ou a abelha, entre outros, podem provocar pequenas reacções, como inflamação, dor ou vermelhidão, ou até mesmo reacções mais graves, quando o sistema imunológico reage  ao veneno libertado na picada.


  • Medicamentos
Alergias: o que são, causas e sintomas

Por vezes, após a toma de um medicamento, o corpo desenvolve anticorpos contra alguma substância presente nesse medicamento. Ou seja, mesmo que na primeira vez que tenha usado não ocorra nenhuma reacção, esta pode acontecer numa toma posterior do mesmo medicamento ou de algum semelhante.

  • Pólen
Alergias: o que são, causas e sintomas

Os grãos de pólen são partículas muito pequenas libertadas pelas plantas para polinizarem outras flores e assim concretizar a reprodução das plantas. A maioria são propagadas pelo ar, num fenómeno chamado de dispersão, podendo percorrer grandes distâncias. Quando a concentração destas partículas é grande, as pessoas que são alérgicas ao pólen têm reacções que podem ir desde rinites, asmas, irritação dos olhos, etc.


Sintomas

Existem vários sintomas de alergias, dependendo do tipo de alergénio que a provocou. Os sintomas incluem:

  • Urticária
  • Rinite
  • Asma alérgica
  • Conjuntivite
  • Dermatite
  • Angioedema
  • Anafilaxia


Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ajude-nos a divulgar o nosso blog. Clique no botão abaixo.